Após mais de um ano e meio vivendo na Alemanha, após muitas aventuras, sentimentos e descobertas, resolvi parar de procrastinar e inaugurar esse blog aqui mais detalhado do que o que tenho no instagram e facebook.
Meu nome é Daiane. Sou carioca, filha de um cearense e de uma paraense e casada com um mineiro. Já deu para perceber bem que levo um pouquinho de cada lugar do Brasil comigo, né?! Nasci e morei no Rio de Janeiro a vida toda, onde me formei, trabalhei como psicóloga e fiz os melhores amigos que uma pessoa pode ter!

Sempre me perguntam como vim parar na Alemanha e eu bem queria responder isso melhor do que farei agora, mas nem eu sei muito bem.

Em 2016, nós chegamos à conclusão de que permanecer no Rio de Janeiro já não era mais uma opção para nós e, ao mesmo tempo, queríamos ter a experiência de viver fora do país.

Nossa opção número 1 sempre foi o Canadá, pois o Hébert (o outro farofa) trabalha com TI e o mercado de tecnologia lá é bem extenso. Mas após um período de entrevistas, nada mudou. Os processos seletivos não deram certo e continuávamos em terras cariocas. Então, foi aí que lentamente (ou descaradamente, como pode se dizer),o meu marido aceitou entrevistas para o outro lado do oceano Atlântico. E numa dessas muitas entrevistas, logo a Alemanha foi a que deu certo! E vou dizer mais, era para ser a Batatolândia o nosso destino, mas até hoje não sabemos bem se fomos nós que enviamos o currículo ou alguém aqui que nos encontrou.

Pronto, nesse ponto, o que era hipótese (morar fora), tornou-se realidade. A ficha de que um novo ciclo começaria já caiu ali. Não preciso dizer que conversamos muito até o último sim, né?!>

No nosso casamento, Hébert é o desgarrado sem floresta e eu sou aquela que finca raízes feito um pé de jaca quebrando todo o asfalto e avisando que dali não vai sair!
Esticamos ao máximo nossas cordinhas até chegarmos em um ponto comum.

A decisão: ir para a Alemanha com prazo de validade (não me perguntem qual validade, nem sei se isso ainda está valendo.*risos).

Em 28 de outubro, com três malas entramos no avião com destino à Alemanha, no voo que mudaria (edit: mudou) nossas vidas.
A matemática foi simples: 13h de vôo+ 3h horas de trem+ fuso-horário de 4 horas e um sentimento que se resumia em frio na barriga e no corpo também, meus caros! Afinal de contas, chegamos aqui no final do outono e início de um inverno que foi considerado talvez o mais frio dos últimos tempos!

Mas esse assunto do frio é pra outro post!

Sejam muito bem-vindos por aqui, coisas mais gostosas de minha vida (se você me seguisse no insta, eu já teria te chamado assim antes. Segue lá e não me enrola ➡@doisfarofasnaalemanha)!

O que vocês vão encontrar por aqui?
Dicas de Munique e viagens pela Europa, “contação de causo”, reflexões sobre a vida no exterior, e um pouco sobre o dia a dia de dois brasileiros comedores de farinha vivendo no país da batata!

Volte sempre! ❤

Assinado: Os farofas.

Categories: Sobre Nós

Os farofas

No final do ano de 2016, mais especificamente no mês de outubro, nos mudamos para a cidade de Munique, na Alemanha. Deixamos para trás alguns planos e trouxemos outros na bagagem. Dois Farofas Na Alemanha​ é uma página para falar da nossa experiência vivendo pela primeira vez fora do país, o contato com a nova cultura, as estranhezas, as descobertas, os sentimentos, a comida, as curiosidades e tudo mais que envolve o dia-a-dia de dois expatriados que carregam no peito e na vida a farofada que é o Brasil. Seja muito bem-vindo por aqui! Daiane e Hébert

22 Comments

Matilde Ferreira · April 21, 2018 at 9:36 am

Hehe adorei o post 🙂
Quem muda Deus ou o universo ajuda 😉
Bjinhosss
https://matildeferreira.co.uk

    Os farofas · April 24, 2018 at 11:14 pm

    Aaaah, obrigada, minha querida!
    Agora somos amigas de blog também! <3

Marcia · April 21, 2018 at 9:57 am

Aeee! Viva a blogosfera, os Farofas e a Alemanha! Parabéns e sucesso! 😊👍🏻

    Os farofas · April 24, 2018 at 11:15 pm

    Vivaaaaaa! Até que enfim nasceu!!!
    Obrigada pelo apoio 😉

Franceline Bey · April 21, 2018 at 10:00 am

Também sou “raízes”. Meu marido também é mineiro, costumo dizer que casei com um nômade kkkkkk. Prolonguei ao máximo nossa estadia no Brasil e também na Alemanha. Agora, cá estamos nós em Portugal, por quanto tempo só Deus é que sabe. Adorei o primeiro post do blog, já gosto de te acompanhar no insta e agora vai ser legal te acompanhar aqui. Que Deus abençoe vocês nessa caminhada!

    Os farofas · April 24, 2018 at 11:19 pm

    Fran, minha querida, você me entende completamente, então!
    Será que é coisa de mineiro bater asas assim tão longe?
    Obrigada pelo carinho! Que Deus abençoe vocês também e que independente do país a felicidade reine na sua casa!
    Muitos beijinhos!

Franceline Bey · April 21, 2018 at 10:04 am

Também sou “raízes”. Meu marido também é mineiro, costumo dizer que casei com um nômade kkkkkk. Prolonguei ao máximo nossa estadia no Brasil e também na Alemanha. Agora, cá estamos nós em Portugal, por quanto tempo só Deus é que sabe. Adorei o primeiro post do blog, já gosto de te acompanhar no insta e agora vai ser legal te acompanhar aqui. Que Deus abençoe vocês nessa caminhada!

Carol Barreto · April 21, 2018 at 10:06 am

Que Lindo!!!! Adorei!!!! Quero mais posts Agora!

    Os farofas · April 24, 2018 at 11:20 pm

    Carol, amoreeee!
    Muito obrigada!!!
    Pode deixar que vai ter sempre post! <3

Juliana Arone · April 21, 2018 at 10:40 am

Amei o primeiro post ❤️
Cheguei na Alemanha com minha família em 02 de novembro… quase que pegamos o mesmo vôo no Brasil 🇧🇷 rsrsrs brincadeirinha, sou de SP 😘😘 e boa sorte com o blog.. próximo passo YouTube 😁

Suellen · April 21, 2018 at 2:02 pm

Amei seu post… Também sou suspeita para falar, impossível não amar esse casal. Que saudades sinto de você amiga, principalmente agora que retornei para onde nos conhecemos. Porém é muito saber que você está feliz…. Saudades amiga!!!

Arthur Souza · April 21, 2018 at 3:24 pm

Parabéns pelo Blog! Vou acompanhar! Sejam felizes

    Os farofas · April 24, 2018 at 11:23 pm

    Obrigada, meu querido, pelo carinho!!! 🙂

Rogéria Flores · April 21, 2018 at 3:40 pm

Ameiii Dai…a vida as vezes da uma reviravolta que nos deixa tontos porém felizes…

    Os farofas · April 24, 2018 at 11:24 pm

    Exatamente, amore! E arrisco dizer que essas voltas inesperadas são sempre as mais enriquecedoras em aprendizado! 🙂

Vanessa · April 21, 2018 at 3:46 pm

Amei! Ficou legal essa ideia do blog! Já vou acompanhar 😍😍😍.

    Os farofas · April 24, 2018 at 11:25 pm

    Obrigada, dinda!!!! Muitos beijinhos!

Nani Buchmann · April 21, 2018 at 10:39 pm

Consegui ouvir a sua voz ao ler esse texto, Dai!
Apesar de motivos semelhantes e com bastante coisa em comum, como é diferente a maneira de encarar a mudança para cada indivíduo, não é mesmo?! Me vi um pouco em você, e agora, no Hébert também! Kkk
Mas fico feliz que por esse motivo nossas vidas tenham se cruzado e que pudemos começar uma amizade nessa terra onde ninguém é muito amigável! Kkkk
Beijos da família toda!

Nani Buchmann · April 21, 2018 at 10:43 pm

Dai, apesar de motivos semelhantes, tivemos uma maneira muito diferente de encarar essa mudança… Me vi um pouco em você e, lendo o texto, um pouco no Hébert também! Kkk
Mas fico feliz por nossos caminhos terem se cruzado por conta dessa história e por termos começado uma amizade nessa terra onde ninguém é muito amigável! Kkk beijos da família toda!

Lucila voss · April 22, 2018 at 4:47 pm

Ameiiiii
Até que enfim saiu o blog !!!
Aguardando o canal no YouTube .. mas uma coisa de cada vez … kkkk
Beijos Daí !!
Você é luz..😘

    Os farofas · April 24, 2018 at 11:46 pm

    Own, amoreeee!
    Obrigada pelo carinho e pelo apoio!
    Você é um presente que o insta me deu!
    Pode deixar que já já teremos o canal! ;*

Juliana · May 29, 2018 at 10:37 pm

Que lindos… parabéns pela coragem e obrigada por dividir seu dia a dia com a gente! Eu me divirto com vc lá no insta! Haha Bjos e parabéns pelo blog!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *