A Adventskranz, ou coroa do advento em português, tem várias histórias de surgimento. Uma delas diz respeito a Johann Hinrich Wichern, teólogo e educador que trabalhava em um abrigo para crianças fundado por ele mesmo em Hamburgo em 1833.

Quase todos os dias de dezembro ele ouvia a mesma pergunta pergunta das crianças: “Quando enfim é o Natal?”
Em 1839, ele decidiu construir, usando uma roda de uma carroça, a primeira coroa do advento. Para tal, ele colocou 24 velas, 20 pequenas e 4 grandes para cada domingo do advento sobre a roda formando assim uma enorme coroa do advento. A ideia era que aquela roda funcionasse como um grande calendário de Natal para as crianças!

Até cerca de 1860, a coroa do advento era utilizada em sua maioria por igrejas protestantes e algumas pessoas em suas casas no período do advento que é a contagem para o nascimento de Cristo.
Em 1925, pela primeira vez uma coroa foi pendurada em uma igreja católica em Colônia.
Com o tempo, as 20 velas pequenas caíram no esquecimento porque seria necessária uma coroa muito grande para acomodá-las. Ficaram apenas as 4 grandes velas. A cada domingo do advento as velas devem, uma por uma, serem acesas até que todas estejam brilhando juntas no último domingo, expressando simbolicamente a vinda daquele que é a luz do mundo: Jesus. 

Gostou dessa história? Compartilha com alguém que é muito importante para você nesse Natal.

Essa Adventskranz do nosso post fui eu quem fiz com muito carinho e “ajuda” (entenda-se perturbação) da Pipa 🐱.

Um Abraço,
Os Farofas.

Categories: Natal na Alemanha

Os farofas

No final do ano de 2016, mais especificamente no mês de outubro, nos mudamos para a cidade de Munique, na Alemanha. Deixamos para trás alguns planos e trouxemos outros na bagagem. Dois Farofas Na Alemanha​ é uma página para falar da nossa experiência vivendo pela primeira vez fora do país, o contato com a nova cultura, as estranhezas, as descobertas, os sentimentos, a comida, as curiosidades e tudo mais que envolve o dia-a-dia de dois expatriados que carregam no peito e na vida a farofada que é o Brasil. Seja muito bem-vindo por aqui! Daiane e Hébert

2 Comments

Matilde · December 16, 2018 at 10:47 am

Amei 🙂 eu adoro estas histórias:)

    uaihebert · December 26, 2018 at 8:12 pm

    A gente também ama.

    Volte sempre. ( :

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *